O Natal tá batendo na porta e você ainda não faz ideia de que presentes dar pra quem você ama? A gente te ajuda, porém de uma maneira pouco convencional.

Aqui não vai ter 5 presentes de 0 a 1.000 golpes. Aqui a gente vai te aconselhar a seguir um caminho pensando não só no tipo de pessoa que você vai presentear, mas também quanto você quer que esse presente seja especial. Vamos lá?

1 – Familiares – pouco grau de relação

Se na sua família o amigo secreto segue firme e forte, mas a vontade de comprar o presente é negativa, aconselhamos que você nem saia de casa pra isso. Existem diversos sites como os que mostraremos a seguir pra você comprar um presente simples, mas que atenda às necessidades e seja fácil de trocar.

Saraiva, fnac, imaginarium, netflix, spotify etc.

2 – Colegas de trabalho – pouco grau de relação

Aqui sempre rola aquela dúvida: gasto pouco e pareço muquirana ou gasto mais do que deveria e me arrependo depois?

Nosso conselho é: não gaste mais do que deveria, mas invista em um presente bacana, ou busque saber dos gostos da pessoa para dar algo que ela realmente precise ou goste. Isso porque é sempre bom expandir relações, ainda mais no trabalho que é onde acabamos passando a maior parte do nosso tempo durante a semana. Com certeza seu colega ficará feliz e lembrará de você de uma boa maneira.

Se ainda assim a ideia não lhe agrada tanto e você só quer saber de se livrar de um problema, uma boa maneira de resolver o problema é pensar em presentes simples, como livros, acessórios divertidos (imaginarium), quadros já enquadrados custam em torno de 80 golpinhos e podem ser um presente interessantíssimo!

Nossa sugestão: Loja Tcholos.

3 – Amigos – alto grau de relação

Sou muito a favor do Do It Yourself. De fazer kits personalizados com fotos e embalagens fofas. Mas nem todo mundo, inclusive eu sei como fazer tanta coisa assim. Tem esse canal (namorada criativa) que pode dar várias ideias, mas se essa não for uma opção…

Você sempre pode comprar algo inusitado. Eu mesma já ganhei livros de edições especiais, brinquedos adultos (imaginarium) e até utensílios de cozinha, que são de um valor acessível e garantia de felicidade. São presentes que devem ser pensados no coletivo.

Outra sugestão bacana é fechar presentes coletivos. Por exemplo, você junta em torno de 10 amigos e fecha algumas horas em um paintball, kart, salas de escape e por que não até fechar uma festinha na área de arcade de um shopping? Vem ser criança!

4 – Familiares / Companheiros – alto grau de relação

Caprichar no presente não significa gastar muito, e sim gastar bem e ser criativo. O segredo é prestar atenção! Isso porque se você tem um grau de relação e convivência maior, significa que você sabe o que essa pessoa está precisando, ou conhece bem os gostos dela e pode dar aquela ousada nos presentes. Para familiares mais velhos vale dar aquela de tiozão e presentear com peças de roupa, ou então vinhos e utensílios mais específicos e modernos, por exemplo: caixas de som, abridores de vinho elétricos, reprodutores desses mais simples.

Ou então experiências incríveis:
Se a ideia é investir e deixar aquele ente querido ou quem você divide a vida bem, bem, bem, mas bem feliz mesmo, que tal inovar e dar kits de spa day, aulas de artes, ingressos de shows / eventos e espetáculos de teatro.

5 – Chefe – garantindo seu emprego

A não ser que seu chefe seja um verdadeiro babaca, aqui vale investir. Dar um bom presente não vai garantir seu emprego, ainda mais se você não for um bom profissional, mas se você tirou seu chefe no amigo secreto, mais uma vez, o que vale é pensar nos detalhes, nas coisas que ele gosta e o que pode ser útil. Eu certa feita gastei em torno de 120,00 comprando um charuto cubano e LPs semi novos para um chefe. Foi um valor maior do que o presente que recebi, que acredite ou não, foi ele quem me tirou e eu juro que esperava um presente melhor, mas foi bem gasto porque sabia que causaria um bom impacto pelo cuidado em pensar no presente. Aparentemente ao me dar um livro sobre os bastidores da primeira temporada de Game of Thrones ele achou que ia me agradar. Tão não!!

Mas não importa o que você for dar de presente nesse fim de ano, lembre-se de não se descabelar, nem gastar mais do que você tem, mas se for fazer isso, gaste com você mesmo, porque nada melhor do que se fazer feliz, né? E a gente merece.

Deixe o seu comentário sobre o post: