Julihermes Cavalcanti é um ilustrador e designer gráfico que mora em Natal, capital do Rio Grande do Norte, que chamou a atenção na intenet por resolver unir utilidade, ironia e crítica político-social na hora de criar algumas máscaras personalizadas retratando um pouco do nosso país atual. E o resultado é, de fato, supreendente, não só pela qualidade das estampas, mas, em especial, por elas carregarem verdade, crítica e humor.

O artista de 38 anos resolveu dar destaque a figuras da atualidade em cada uma das máscaras criadas e nomes como Sergio Moro e Jair Bolsonaro são destaques em suas criações artísticas. Sendo assim, o artista chama a atenção para a situação atual da política nacional tendo como plano de fundo o cenário pandêmico que estamos enfrentando atualmente. Sendo assim, as inspirações caíram muito bem, principalmente porque ninguém sai de casa hoje sem uma boa e necessária máscara.

As 9 estampas são todas de cunho político e custam apenas R$ 7,00. Entre as opções, é possível adquirir, por exemplo, aquela em que o ex-Ministro da Justiça aparece com uma laranja na boca ou mesmo a que o Presidente  aparece aprisionado numa camisa de força vermelha. As que mais me chamaram a atenção, porém, são a que Bolsonaro aparece tossindo diante da imagem do coronavírus, a que o presidente está vestido de It e aquela em que o vírus aparece com a faixa presidencial, na qual vê-se, ainda, a logo do WhatsApp. Sem dúvidas, um show de muita criatividade e utilidade em um momento em que os cuidados com a saúde precisam ser redobrados. Fato é que tanto a pandemia quanto a crise política tem sido um problema e tanto para os brasileiros em 2020 e o pior é não ter previsão alguma de terminar.

Confira abaixo as máscaras criadas por Julihermes Cavalcanti, as quais, de forma muito criativa e inteligente, ironizam o pior presidente da história do país. Que a liberdade de expressão esteja acima de tudo, e a consciência, acima de todos. #FiqueEmCasa 🏘

Clique para ampliar:

VEJA TAMBÉM