Já faz algum tempo aqui no blog que volta e meia postamos sobre o assunto de Depressão e outras doenças mentais.

Por causa desse post, onde algumas pessoas acabam procurando o suicídio como um basta para os seus problemas, eu acabei conhecendo uma parcela de pessoas que estão sofrendo dessa doença (e muitas vezes nem sabem) e que afim de conversar, me procuraram para um momento de desabafo.

O grande problema é que, eu posso até ser um bom ouvinte, mas não sou a pessoa especializada para o conversar ou dar conselhos, por mais que eu queira ajudar.

Porém, graças a alguns amigos, tive o prazer de conhecer o trabalho que o Anderson Mendes faz, e conhecer também mais sobre como existem pessoas dedicadas a amparar e querer colaborar para restaurar o bem estar de quem está se sentindo pra baixo, principalmente quando tudo ao seu redor parecer estar desmoronando.

Com o objetivo de desmascarar tabus relacionados a depressão e falar sobre desenvolvimento humano, o canal Depressão não é frescura aborda temas sobre Como identificar a depressão; Quais as diferenças entre tristeza e depressão; Os sintomas físicos e psíquicos da doença.

Selecionei alguns vídeos do canal com esses assuntos que explicam um pouco mais as razões do porque não devemos considerar depressão como um simples “mimimi”.

Será que eu tenho depressão? Conhecendo os sintomas

Você é feliz?

Você tem dificuldade em se abrir?

Morreu, e agora?

Terminei o namoro, e agora?

Perguntas sobre depressão

Desemprego pode gerar depressão?

Falando sobre suicídio

A sua culpa te implode ou te motiva?

Além do canal, o Anderson também é Fundador do Instituto Gente Feliz, que junto com uma equipe, promovem mensalmente palestras sobre o universo da depressão em empresas, ONGs, associações e hospitais mas de uma maneira divertida, encarnando um palhaço para trazer à tona esse assunto tão delicado e apresentando de forma lúdica conteúdos desenvolvidos sobre temas de saúde mental, emocional e física.

Se você conhece alguém que esteja passando por um momento difícil em sua vida, converse e apoie ela, esse simples ato pode significar mais do que você imagina.

Veja também outros posts relacionados ao tema:

Deixe o seu comentário sobre o post: