“Hair Love” conta a história de um pai e uma filha, e sabe usar o cotidiano para falar de algo muito maior. O curta animação vencedor do Oscar traz as dificuldades para um pai ao ter de ajudar sua filha a fazer o cabelo para ir à escola. Algo que a mãe fazia com tranquilidade.

Em sete minutos, além de mostrar uma bonita relação entre pai e filha, o curta consegue abordar com maestria a identidade negra e a importância da mulher, sendo considerado como vencedor de melhor curta de animação em 2020.

Vale destacar também como a produção trabalha bem a comédia e o drama, tudo envolto em um senso de urgência que encontra tempo até para falar sobre a tecnologia. Outro acerto é belo trabalho ao estilizar a animação 2d de acordo com a temática proposta.

E o mais importante é o impacto que “Hair Love” provoca. Algo sempre importante em um projeto que não tem tanto tempo para o desenvolvimento de personagem.

Então, não tem como questionar a qualidade do curta e o merecido Oscar. Falarei sobre os demais curtas animação indicados em breve.

Assista o curta abaixo: