“Ninguém desaparece sem deixar vestígios”, é essa a premissa do poster brasileiro do mais novo filme da Sony: Buscando…

Após o sumiço de sua filha adolescente, David Kim (John Cho) junto com a equipe designada para o caso, liderada por uma detetive, passam dias buscando por pistas que possam leva-los até a jovem, ou ao menos entender o que aconteceu. Sem encontrar absolutamente nada, eis que David resolve buscar no único lugar que deve conter todas as respostas do mistério: o computador de sua filha.

É muito curioso, e no começo chega a causar um certo desconforto, pois o filme todo é exibido do ponto de vista da tela, seja ela do computador, smartphone e outros aparelhos de comunicação (O mesmo ocorreu em 2014 no filme de terror “Amizade Desfeita”).

critica buscando... 1

É curioso parar pra pensar que literalmente quem procura, acha, especialmente nos dias de hoje, com tudo online, na nuvem, ou onde for, com o acesso à internet, em apenas alguns cliques, é possível saber tudo sobre a vida de qualquer pessoa, seja ela conhecida ou não. E aí fica a reflexão, seria isso bom ou ruim? Será que expomos demais nossas vidas? Será que realmente devemos acreditar em tudo que tá na internet? São diversos questionamentos que acho que valem a pena serem feitos.

 

critica buscando... 2

O longa com certeza tem tudo para prender a atenção do espectador, e não é nada previsível, com mistérios e plot twists até os últimos instantes. Além disso, é uma ótima oportunidade de ver Debra Messing (Will&Grace) num papel mais sério, e até o próprio John Cho.

 

Buscando… estreia nos cinemas dia 20 de Setembro

Elenco: John Cho, Debra Messing, Joseph Lee, Michelle La, Sara Sohn
Direção: Aneesh Chaganty
País: EUA
Gênero: Drama, mistério, thriller
Duração: 102 min
Distribuição: Sony Pictures
 

Deixe o seu comentário sobre o post: