Assim foi minha infância

Se sou estranho hoje em dia, a culpa não é minha.

Deixe o seu comentário sobre o post:

osprofanos