Sempre que eles chegam com aquela carinha de pidão, é muito difícil dizer não né? As vezes a gente tá ali jantando, tranquilo, numa boa, e eis que chega um meliante com cara de choro como se não tivesse sido alimentado há mais de 87 anos.

 

Eu sei que é muito difícil resistir, eu mesma sofro em casa, além da carinha de tristeza, o meu arrombadinho chora. Mas é nessa hora que precisamos prestar atenção numa série de comidas que são extremamente proibidas para eles, mesmo algumas frutinhas que damos só pra compensar ou tentar fazer um agrado.

 

Abacate

A fruta contém uma toxina chamada persina, que pode ser ingerida por humanos numa boa, mas leva a alterações no sistema gastrointestinal dos bichinhos, provocando vômitos e diarreia. Além disso, caso mastiguem a semente da fruta, há o risco de se engasgar com ela, ou ainda, caso consigam engoli-la, obstruir o estômago e o intestino.

Álcool

Não que não fosse óbvio, mas o efeito do álcool nos animais é BEM diferente do que nos humanos. Uma pequena dose, já mais que o suficiente para causar vômitos e diarréia, problemas na respiração, e em casos extremos até coma e morte.

 

Cebola, alho e cebolinha

O que pra nós é um tempero indispensável na comida, já não é tão inofensivo assim para os animais. De acordo com especialistas, esses alimentos, além de irritarem o estômago e o intestino dos bichinhos, podem matar as células vermelhas do sangue dos cachorros, provocando anemia.

 

Chocolate

Essa não é novidade pra ninguém, mas é sempre bom ressaltar os danos causados pelo doce queridinho dos humanos né?  Assim como os alimentos com cafeína, o chocolate também tem metilxantinas, tornando-o tóxico para cães. QUALQUER TIPO DE CHOCOLATE deve ser evitado, inclusive, quanto maior o amargor, maior a toxicidade.

 

Uvas e passas

Não se sabe ao certo qual é a toxina, mas uvas (qualquer tipo de uva) e passas são tóxicas para cães, principalmente para seus rins. Dizem que o elemento tóxico se encontra na casca, mas mesmo assim, não é recomendável esse tipo de fruta na alimentação, por isso, evite! Caso veja seu cão ingerir uva ou passas, ajude-o a induzir o vômito imediatamente.

 

Essa é só uma pequena lista de alimentos que devem ser evitados, se você tiver dúvidas em relação ao que dar pro seu bichinho, sempre pesquise antes, pergunte a um veterinário. É nossa obrigação cuidar bem deles!

Deixe o seu comentário sobre o post: