Vencedor de 4 categorias do Oscar 2020, Parasita se consolidou como o filme sul-coreano mais bem sucedido de todos os tempos até hoje e, sem dúvidas, aumentou em todo o mundo uma curiosidade a mais pelo cinema sul-coreano.

O Melhor Filme de 2020 exerceu uma importância ímpar na história do cinema internacional à noite do 9 de fevereiro, e os olhares de todo o mundo se voltaram, merecidamente, para o feito histórico conquistado pelo longa em solo norte-americano. Uma honraria sem ideia alguma de proporções!

Passada a 92ª cerimônia dos Academy Awards, o público não só ficou órfão de bons filmes (até essa altura do ano, não vemos grandes lançamentos no cinema, especialmente pela pandemia do Covid-19) como também de uma trama asiática envolvente e curiosa tal como foi Parasita.

Foi pensando nisso que resolvemos destacar aqui 10 filmes coreanos que podem ser encontrados na Netflix hoje para você curtir nessa quarentena e matar um pouco a saudade do incrível filme dirigido por Bong Joon-ho, o melhor diretor de 2020. Confira!

26 Years (2012)

 

Inspirado em um dos eventos mais trágicos que já assolou a Coréia do Sul, 26 Years conta a história de cinco pessoas se unindo para matar o responsável pelo massacre de civis inocentes. Em suma, uma praticante de tiro esportivo, um gângster, um policial, um empresário e o chefe de uma empresa privada se consideram as maiores vítimas do ataque e planejam caçar o responsável. Contudo, o alvo deles é, simplesmente, um ex-presidente que vive sob proteção policial. Ademais, considerando que aborda um conteúdo politicamente sensível, esse longa quase não saiu do papel. Inclusive, alguns rumores apontam que o governo conservador atrasou a produção do filme.

High Society (2018)

Segundo a descrição dada pela Gigante do Streaming, High Society é um filme que apresenta “Uma ambiciosa curadora de obra de arte e seu marido, um professor de economia. Enquanto o último tem pretensões políticos, o casal está disposto a fazer qualquer coisa para ascender socialmente”. Ao passo que Parasita aborda a temática de desigualdade social e a luta de classes por sobrevivência, esse longa nos fornece uma perspectiva contrastante, voltada para a ambição. Sendo assim, essa é uma opção que pode gerar debates interessantes se você gostou do longa de Bong Joon-oh.

Psychokinesis (2018)

Do mesmo diretor de Invasão Zumbi, Psychokinesis se trata do primeiro filme de super-herói sul-coreano. Assim, vemos uma narrativa que segue um segurança bancário que obtém poderes telecinéticos – mesmas habilidades que a Eleven de Stranger Things e a Jean Grey de X-Men possuem – após beber uma água infectada por um meteoro. Em seguida, nosso protagonista tem que decidir o que fazer com seus poderes e não demorar para ele descobrir que o Tio Ben estava certo quando mencionou as responsabilidades. Enfim, o longa foi bem recebido pela crítica e foi altamente elogiado por apresentar uma visão diferente do que nos acostumamos a ver em produções da DC e Marvel.

A Bruxa: Parte 1 – A Subversão (2018)

Após fugir de uma instalação do governo, uma jovem é adotada por um casal de idosos. Embora sua perda de memória tenha levado a garota a esquecer seu passado, isso não atrapalha sua construção de um futuro. Assim, ela cresce e se torna uma brilhante estudante do ensino médio, chegando a competir em um programa transmitido nacionalmente. No entanto, assim que ela aparece na TV, pessoas estranham começam a surgir em sua vida, isso inclui funcionários do governo. Além de ser um sucesso de bilheteria, o longa agradou a crítica.

Um Dia Difícil (2014)

Aqui acompanhamos a história de Ko, um detetive corrupto que perdeu a mãe recentemente. No entanto, durante o enterro de sua progenitora, o policial acaba atropelando um sem-teto que vagava pela estrada. Com medo de ser acusado, Ko enterra o corpo no caixão de sua mãe. Surpreendentemente, mais tarde descobrimos que o tal “sem-teto” era, na verdade, um assassino procurado que sabia o paradeiro de uma grande quantia de dinheiro. A partir daí, a vida de Ko vai só ladeira abaixo. Segundo os críticos no Festival de Cannes de 2014, esse longa é “um thriller bem feito, com suspense e flashes de humor impecáveis”.

Pandora (2016)

Pandora foi o primeiro filme coreano a ser pré-vendido para a Netflix. Em novembro de 2016, três semanas antes do lançamento no cinema, o serviço de streaming adquiriu direitos internacionais exclusivos para transmitir o longa em 190 países. Ademais, o enredo da produção gira em torno de um desastre nuclear onde um homem arrisca a própria vida para salvar sua família. Por fim, além de abordar tragédias naturais e nucleares, Pandora conta com muita ação e drama.

Drug King (2018)

Além de contar com uma excelente avaliação crítica, Drug King apresenta um rosto familiar. Estamos falando de Song Kang-ho, o Sr. Kim de Parasita. Aqui, o patriarca da família que protagoniza o filme de Bong Joon-oh, se transforma no maior traficante de narcóticos da Coréia do Sul dos anos 70. Então, se você é um fã de Parasita, provavelmente vai gostar de conferir o trabalho do ator em outra produção. Aliás, uma penas nenhum integrante do elenco ter sido indicado nas categorias Melhor Ator ou Melhor Atriz no Oscar. Provavelmente o número de estatuetas conquistadas teria aumentado.

Okja (2017)

Dirigido e co-escrito por Bong Joon-oh, esse filme conta com um renomado elenco. Em suma, a narrativa aborda a história de uma jovem chamada Mikha que arrisca tudo para evitar que suma melhor amiga – uma porca gigante geneticamente modificada – seja levada por uma multinacional. Assim vemos Tilda Swinton interpretando a principal antagonista e Jake Gyllenhaal vivendo um zoólogo sem ética alguma. Embora o roteiro possa parecer infantil, garantimos que o filme provoca bastante reflexão de uma forma característica de Bong. Inclusive, o longa chegou a competir pela Palma de Ouro no festival de Cannes em 2017.

O Hospedeiro (2006)

Além de contar com a dupla de longa data, Song e Bong, que mais tarde se reuniria novamente em Parasita, O Hospedeiro tem Bae Doona em seu elenco. Mesmo que o nome da última não te pareça familiar, garantimos que você a conhece de Sense8, como Bak Sun. Se mesmo assim você não souber do quem estamos falando, está na hora de colocar a séries das Irmãs Watchowskis no topo da sua lista. Enfim, esse filme é extremamente popular na Coréia do Sul e no mundo. Aliás, ele chegou a ser descrito como “um dos melhores filmes de monstros já feito” pela New York Magazine e “aterrorizante” pelo The New York Times.

Invasão Zumbi (2016)

Até aqui já tivemos filmes de super-herói, desastre nuclear e até mesmo de porcas geneticamente modificadas. Sendo assim, o que poderia estar faltando? Isso mesmo, apocalipse zumbi. Apesar de contarmos com clássicos como Resident Evil, Guerra Mundial Z e, até mesmo, Eu Sou a Lenda, Invasão Zumbi chega como uma inovação. Como resultado disso, a aprovação crítica e pública foi massiva. Só para ilustrar, após sua estreia na Sessão da Meia-Noite do Festival de Cannes de 2016, o longa se tornou o primeiro título a ultrapassar a marca de 10 milhões de espectadores. E aí, você tá esperando o que pra se juntar ao resto da audiência?

Veja também: