Você é a favor da guerra às drogas?

Entretenimento

Voce e a favor da guerra as drogas

O debate é longo e o mundo vem travando uma guerra contra às drogas desde – oficialmente – 1971. Em vão.

Segundo dados divulgados pelo Relatório Mundial sobre Drogas da ONU, no ano passado, cerca de 5% da população mundial entre 15 e 64 anos usa drogas ilícitas – o que corresponde a uma média de 243 milhões de pessoas. Estima-se hoje que 40% dos 9 milhões de presos em todo o mundo estejam na cadeia em razão das drogas – e isso tudo tem um custo altíssimo. Segundo a London School of Economics, essa guerra já custou ao mundo mais de 1 trilhão de dólares e criou um imenso mercado negro, avaliado em aproximadamente US$300 bilhões.

Já vimos que o resultado com a legalização da maconha em outros países vem dando cada vez mais certo, os benéficos estão gerando bons galhos frutos tanto para a população quanto para o governo, lucrando com os impostos do produto.

Uruguai: após regulação da maconha, mortes ligadas ao tráfico da erva chegam a zero;

Colorado fatura US$ 14 mi no primeiro mês de venda legalizada de maconha;

Se você é contra à guerra as drogas, considere – apenas por alguns minutos – alguns fatores:

E SE, ao contrário do que a gente imagina, essa história de guerra às drogas mais enriqueceu e empoderou esses criminosos, proibindo concorrência e transparência, entregando um monopólio de um mercado trilionário nas mãos de um punhado de pessoas dispostas a tudo para mantê-lo?

E SE essa história foi a responsável por criar drogas muito mais perversas do que a humanidade jamais ouviu falar – como o crack?

E SE defender uma guerra que até hoje não produziu qualquer resultado signifique defender menos policiais nas ruas combatendo crimes como assassinatos, assaltos, sequestros, estupros?

Você pode ser contra a legalização das drogas, o direito ao porte de armas e o aborto, mas certamente deve encontrar outros motivos para isso: em todos esses casos o que se busca é justamente tirar da ilegalidade e das mãos do crime mercados que movimentam bilhões todos os anos e deixam sequelas gravíssimas em toda sociedade. Acreditar que centenas de milhões de pessoas deixarão de consumir drogas ilícitas da noite para o dia – apenas porque “eu acho que isso é certo” – também não parece uma postura sensata para encarar esse problema.

Voce e a favor da guerra as drogas (1)Voce e a favor da guerra as drogas (2)Voce e a favor da guerra as drogas (3)Voce e a favor da guerra as drogas (4)Voce e a favor da guerra as drogas (5)Voce e a favor da guerra as drogas (6)Voce e a favor da guerra as drogas (7)Voce e a favor da guerra as drogas (8)Voce e a favor da guerra as drogas (10)Voce e a favor da guerra as drogas (11)Voce e a favor da guerra as drogas (9)Voce e a favor da guerra as drogas (12)Voce e a favor da guerra as drogas (13)
Nessa guerra, o Spotniks já estou em qual lado está

Mas afinal de contas: Maconha é má?

Deixe seu comentário