Valesca Popozuda nua contra o preconceito

Entretenimento

Valesca Popozuda nua: Aproveitando todo o embalo do Rio+20 (que até agora não sei o que significa isso), a funkeira Valesca Popozuda resolveu aproveitar os 15 minutos de fama e dar o ar da graça (e do corpo!) posando nua e gritando aos sete ventos: “O corpo é meu e faço o que quiser com ele”.

Inspirada nos últimos acontecimentos e marchinhas que andaram ocorrendo, Valesca Popozuda resolveu imitar as protestantes e colocar os seios de fora nessa também.

Valesca Popozuda nua
(clique e continue vendo)

Há tempos Valesca Popozuda prega a autonomia feminina, o direito de fazer o que bem entender com o próprio corpo e sexualidade, e de se ter prazer apenas pelo prazer.

Recentemente, ela virou musa gay participando da Parada Gay de São Paulo e está em vias de contratar uma dançarina transexual para o seu grupo, “A Gaiola das Popozudas”.

Valesca Popozuda nua
Valesca Popozuda nua /

“Tem gente que diz que mostrar o corpo no palco, como eu faço, é também uma forma de submissão. Mas não estou nem aí. O corpo é meu e faço o que quiser com ele e com a minha sensualidade. O problema é meu. Ninguém tem nada a ver com isso. Isso vale para todo mundo: para a mulher, para o gay, para o bi. Submissão? Jamais!

Valesca Popozuda nua:
Valesca Popozuda nua

Valesca Popozuda nua

Chamar atenção de maneira fácil tirando a roupa não é uma forma muito funcional para lutar contra o preconceito mas, mulheres que queiram seguir o exemplo, nós não acharemos ruim! 😉