The Bro Code

Entretenimento

Acompanho a série How I Met Your Mother desde o seu primeiro episódio, em 2005. Desde então, a primeira vez que ouvi falar do Bro Code, mesmo já tendo falhado tento seguir a risca os seus mandamentos. E graças ao Testosterona agora temos todos esses mandamentos traduzidos para podermos espalhar a mensagem.



Querendo ou não, cada um de nós vive a vida seguindo padrões ou regras. Alguns podem chamar moral, outros chamam religião, eu chamo The Bro Code. Com um melhor entendimento do Bro Code, seria do meu agrado que os Bros ponham de lado as suas diferenças e criem laços de fraternidade. E aí, e só aí, quando trabalharmos em conjunto é que iremos conseguir o maior desafio que a sociedade enfrenta… conseguir sexo.

Vocês provavelmente já ouviram falar do termo Bro (diminutivo de brother), utilizado sobretudo em filmes ou músicas americanas. Não se trata propriamente de um membro de gangue ou irmão de sangue, mas pode ser comparável a isso em termos de lealdade. Um Bro é uma pessoa que te impede de fazer merda, quando você está prestes a fazer merda. Um Bro é um companheiro em que se pode confiar e que estará lá sempre para te ajudar (a não ser quer que ele tenha feito alguma conquista).

Seu carteiro pode ser um Bro, seu pai foi um Bro, e no futuro, seu filho poderá vir a ser seu Bro. A questão não é restrita a laços sanguíneos, e sim de procedência. Quando alguém segue – felizmente – o código do Bro Code, aí pode ser considerado seu Bro.

Não é preciso necessariamente ser homem para ser um Bro de alguém. Desde que ele/ela siga os códigos morais e sagrados do Bro Code ele/ela pode ser um Bro. Exemplo: Quando uma amiga te apresenta alguma mulher com seios grandes, ela está agindo como um Bro. E se ela te apresenta outra amiga sexy, mesmo sabendo que você já pegou outra amiga dela, comeu, e nunca mais ligou, então ela é oficialmente Bro.

Se o Bro tiver um cão que não chegue na altura dos seus joelhos (quando totalmente crescido) e lhe der o nome de “Fera” ou “Hulk”, continua a quebrar o artigo 3.

Se você for uma mulher e estiver lendo este texto. Em primeiro lugar, desculpe-me, não era a minha intenção que ele fosse tão complexo de se entender. Em segundo lugar, não leve a sério, é apenas um monte de ficção para entreter o público masculino. Falando nisso, como você está linda hoje.

Ok, amigos, ignorem o que eu disse acima, o Bro code definitivamente não é um monte de ficção, eu só estava distraindo as mulheres

Se um Bro se despir no vestiário, todos os outros Bros devem fingir que nada de diferente aconteceu, mas nunca se deve baixar o olhar

Não há sentimento que um Bro não possa transmitir pela conveniência de um e-mail a outro Bro.

Ficam proibidas piadas como “não vá dar uma de joão sem braço” e “corre que estamos atrasados”

Interessado em conhecer mais mandamentos desse brilhante livro? >Aqui tem mais

E como o próprio testosterona falou: Artigo em constante desenvolvimento

Deixe seu comentário