Categoria: Profanações Musicais
21 jun

Dica Profana 3 – Frank Zappa

Profanações Musicais

Dica Profana procês e dessa vez um gênio musical e muito incompreendido.
Pra vocês que gostam de tocar “Smoke On The Water“, devem ao menos saber que essa música foi composta por causa de um show do Zappa.

Era no final do ano de 1971 e o Deep Purple estava em Montreux (Suiça) para fazer uma gravação com o estudio móvel dos Rolling Stones, o Rolling Stones Mobile Studio, que na letra da música é o “Rolling Truck Stones Thing”. Esse estudio móvel ficava estacionado no Cassino de Montreux, que na letra fora chamado de “the gambling house” (casa de apostas).

Acontece que na véspera da gravação, Frank Zappa e os The Mothers, faziam um show no Cassino quando um “Stupid with a flaregun” (imbecil com um sinalizador), botou fogo em todo o teatro, destruindo todo o equipamento dos The Mothers. E então a “Smoke On The Water” (fumaça na água), virou o nome da musica, por conta da fumaça ter se espalhado por todo o lago de Genebra. O resto da história vocês pesquisem ou esperem por mais um episódio do “A História do Rock”, hu3.

zappa2

Frank Zappa talvez tenha sido um dos pioneiros do Rock Progessivo, criando músicas únicas e totalmente “fora da caixinha”.

Tem uma história bem legal do começo da carreira dele, que diz que ele foi até um maestro de uma orquestra bem conhecida nos EUA e mostrou as partituras das músicas pedindo pra que a orquestra tocasse com ele.

E a reação do maestro foi:

1425352438751

Alegando que Zappa estava completamente sem noção alguma de arranjo, melodia, harmonia e mais um pouco.
Anos depois o cara já era considerado um genio da música experimental da época.

Então, ouçam aí o disco que eu mais gosto dele. Apostrophe’. Recomendo ouvirem mais!



17 mai

Dica Profana #2 – Royal Blood

Profanações Musicais

Faaala seus profanos!
Olha só que delicinha, finalmente mais uma Dica Profana no Profanações Musicais.
Vou contextualizar aqui pra vocês como foi que me apresentaram essa banda:

Eu estava um belo dia fazendo um trabalho na produtora Panela e meu querido amigo Janjão – um dos caras que mais manjam de engenharia de som no país – me chamou na sala de finalização e me falou o seguinte:

“Caio, ouve essa banda aqui e me fala o que você acha”
Ele deu o play e eu fui ouvindo e comentando:

“Pow, bem legal…”
“… nossa, que riff daora que o guitarrista tá fazendo…”
“… Caraca! Olha esse baixista que nervoso!”
“Esse batera senta a mão, hein! Vocal canta muito, também!!”

E ele fazendo aquela cara de sacana pra mim.
Quando terminei de ouvir a música, ele foi no YouTobs e botou um video. Eu fiquei de boca aberta!!!!

Era uma duo band! Dois caras fazendo um som DO CAPETA!

A banda é britânica e formada em Worthing em 2013. Composta por um baixista/vocalista, Mike Kerr, e um baterista, Ben Thatcher.

O baterista do Arctic Monkeys, Matt Helders, os convidou para abrir um show dos “macacos” em novembro de 2013 e em dezembro do mesmo ano, o Royal Blood foi nomeado para o “BBC Sound of 2014”.

Ouçam esse som caras!! E falem aqui nos comentários o que vocês acharam.
PS: OLHEM ESSE BATERA DESTRUINDO OS PRATOS DELE!



8 abr

A história do Rock

Profanações Musicais

Você sabe como o Rock começou?

Não muito distante, por volta de 1950, os deuses do metal desceram até a terra e presentearam o humano com um maravilhoso e puro gênero musical.

Através do Blues, Jazz e Folk, os gêneros se fundiram e assim veio o rock and roll, junto com o rockabilly, soft rock, glam rock, heavy metal, hard rock, progressivo, punk e muitos outros que conhecemos hoje em dia. Só não me venha falar que NX Zero é rock!!

O grandioso Caio Bap está iniciando a nova série no seu canal “A História do Rock”, que vem mostrando a linha do tempo de todas essas histórias e fusões musicais que aconteceram em todos esses anos no mundo do Rock.

Partindo do primeiro episódio, uma pequena introdução de como surgiu o BLUES.

Logo após o Blues ter criado fama, uma nova lenda surgiu no mundo musical: Robert Johnson, o blueseiro que fez um pacto com o diabo e teve sua guitarra afinada com um tom abaixo e muitas notas hipnotizantes.

Continua




Página 1 de 14123...10...Última »