Para sempre Chaves

Entretenimento

Para sempre Chaves 7

Perdemos um dos grandes astros do mundo da dramaturgia. Meu ídolo. Minha inspiração. Meu amigo.

Roberto Gómez Bolaños, ou Chespirito como era conhecido – referência que ganhou por causa do poeta Shakespeare – morreu aos 85 anos nessa última sexta-feira (28), em sua casa, Cancun, México.

Bolaños foi responsável pelo surgimento do Chaves, Chapolin Colorado, Chompiras, Dr. Chapatin, Pancada Bonaparte e diversos outros personagens que com certeza direta ou indiretamente você já ouviu falar.

Já chorei por causa do Chaves, já criei coragem por causa do Chapolin, já levei uma surra da minha mãe por causa do “tudo eu, tudo eu, tudo eu!!”, já tive vontade de comer um sanduíche de presunto por causa do Chaves e já fui um dos defensores do programa quando havia um amigo ou outro dizendo que não gostavam, já que dou risada até hoje em dia com os mesmos episódios que eu assistia quando tinha 6 anos.

Infelizmente por causa da correria, não consegui preparar um post de homenagem logo no dia, como não queria fazer as coisas nas pressas, preferi ficar chorando esperar um pouco para recolher todo o material feito para o artista que perdeu a vida, mas nunca morreu.

Para Sempre Chaves (2)

Para Sempre Chaves (4)

Para Sempre Chaves (5)

Para Sempre Chaves (1)

Para Sempre Chaves (1)

Para Sempre Chaves (3)

Para Sempre Chaves (3)

Para Sempre Chaves (2)

Outras homenagens:

Chiquinha:

Kiko:

Sr. Barriga:

Professor Girafales:

Paulina Gomez, filha de Roberto Bolaños:



E para nós brasileiros, fica a última mensagem de presente do Chespirito:

Para Sempre Chaves (6)
“Eu prefiro morrer do que perder a vida”

Deixe seu comentário