Nunca aposte uma corrida com uma desconhecida

Entretenimento

A história já mostrou que você nunca deve confiar em alguém muito simpático que aparece pedindo ajuda (ou outro interesse), principalmente se for em lugares escuros, sem movimento ou com qualquer risco iminente para a sua vida. Como já dizia o ditado: O seguro morreu de velho. Quando a esmola é demais, o santo desconfia!

Sereias e as suas belas vozes, encantando e levando para o navios inteiros para fundo do mar; A mulher pelada do posto abandonado; A loira do banheiro que não te deixa nem mijar em paz…

ou até a morte, que se veste em outros corpos para enganar os bestas mais desatentos, como mostra “The Ride”, de Rodolphe Guenoden.

Nunca-aposte-uma-corrida-com-uma-desconhecida_01

Nunca-aposte-uma-corrida-com-uma-desconhecida_02Nunca-aposte-uma-corrida-com-uma-desconhecida_03Nunca-aposte-uma-corrida-com-uma-desconhecida_04Nunca-aposte-uma-corrida-com-uma-desconhecida_05

Ser a morte não é facil!

Deixe seu comentário