Manipulando sonhos

Entretenimento

Lembro que quando era criança, houve uma fase em que se tornou constante eu ter pesadelos (quase todo dia) e acordar gritando de madrugada com medo dos monstros, demônios ou assassinos de garotinhos. Foi então, que por alguma razão, eu aprendi a manipular meus sonhos.

Não é que eu consiga decidir o que vou sonhar (até já tentei mas nunca deu certo), mas é que simplesmente se algo acontece em meu sonho, eu acabo dando um jeito ~magicamente, como todo sonho que se preze~ e me livro daquela enrascada. Exemplos: quando o prédio que está em chamas ou alguma granada que explode próximo de mim não me atingem; Se estou pulando de um avião, eis que do nada aprendo a técnica de voar (quem já teve esse sonho pode comprovar como é D+!) ou quando o sonho é mais simples, aparece um paraquedas em minhas costas, dentre outras loucuras possíveis em sonhos.

Se baseando nesse conceito de manipulação, o artista romeno Caras Ionut’s trouxe a ideia para a vida real, misturando paisagens, seres humanos, formas geométricas e animais (principalmente elefantes) em um mesmo ambiente, como se tudo aquilo estivesse acontecendo em mais um sonho maluco.

Manipulando sonhos (1)

Manipulando sonhos (2)

Manipulando sonhos (3)

Veja o segundo post da série!

Deixe seu comentário