Faaala seus profanos!
Olha só que delicinha, finalmente mais uma Dica Profana no Profanações Musicais.
Vou contextualizar aqui pra vocês como foi que me apresentaram essa banda:

Eu estava um belo dia fazendo um trabalho na produtora Panela e meu querido amigo Janjão – um dos caras que mais manjam de engenharia de som no país – me chamou na sala de finalização e me falou o seguinte:

“Caio, ouve essa banda aqui e me fala o que você acha”
Ele deu o play e eu fui ouvindo e comentando:

“Pow, bem legal…”
“… nossa, que riff daora que o guitarrista tá fazendo…”
“… Caraca! Olha esse baixista que nervoso!”
“Esse batera senta a mão, hein! Vocal canta muito, também!!”

E ele fazendo aquela cara de sacana pra mim.
Quando terminei de ouvir a música, ele foi no YouTobs e botou um video. Eu fiquei de boca aberta!!!!

Era uma duo band! Dois caras fazendo um som DO CAPETA!

A banda é britânica e formada em Worthing em 2013. Composta por um baixista/vocalista, Mike Kerr, e um baterista, Ben Thatcher.

O baterista do Arctic Monkeys, Matt Helders, os convidou para abrir um show dos “macacos” em novembro de 2013 e em dezembro do mesmo ano, o Royal Blood foi nomeado para o “BBC Sound of 2014”.

Ouçam esse som caras!! E falem aqui nos comentários o que vocês acharam.
PS: OLHEM ESSE BATERA DESTRUINDO OS PRATOS DELE!